Enquete

Search

Compartilhe

Tecnologia do Blogger.

Mensagens

Avril Lavigne - Avril Lavigne (Faixa a Faixa)







Artista: Avril Lavigne
Album: Avril Lavigne
Ano: 2013
Faixas: 13
★★★★










Sexta- Feira, 25 de outubro de 2013. Esse foi o dia em que vazou na internet o mais novo álbum de Avril Lavigne, famosa cantora canadense que está presente em nossas vidas desde 2002. O disco está tão bom, que é quase impossível falar sobre ele em apenas algumas linhas, então escolhi fazer uma resenha de uma forma diferente, onde resolvi falar um pouco sobre cada uma das faixas e vocês podem conferir mais adiante.
O cd tem como titulo o seu próprio nome, Avril Lavigne e a estréia oficial foi marcada para o dia 05/11/2013, conta com 13 espetaculares faixas, das quais grande parte demonstram uma nostalgia imensa, que vou expor a seguir. Vou detalhar faixa a faixa, os detalhes maiores sobre o album como um todo, serão postados em breve, pelo nosso amigo, Anderson.

01. Rock N Roll:  Essa faixa, apesar de abrir o álbum, não é nenhuma novidade, pois já foi lançada como segundo single do cd, e inclusive já tem até clipe. Mas falando um pouco sobre ela, podemos dizer que a musica tem influencias bem Rock N Roll, como o próprio nome já diz, mas ainda assim é uma musica bem pop (a Avril sabe misturar as coisas muito bem, diga-se de passagem). Com uma letra que parece mostrar algo como, “sempre fui roqueira, vim para ficar, não ligo para o que os outros dizem sobre mim e etc” e musica tem batidas fortes, letra com as rebeldias que a Avril adora e um instrumental impecável, que lembra até a clássica I Love Rock N Roll, da Joan Jett, cantora da qual a Avril sempre se mostrou ser muito fã, e para fechar ainda tem um solo de guitarra bem bacaninha no final.
Frases destaque: Não ligo se sou desarrumada, prefiro isto do que essa modinha de merda / Não precisamos de ninguém para nos dizer quem devemos ser / Deixe-os saberem que ainda somos rock ‘n roll.

02. Here's to Never Growing Up: Essa também não é novidade, foi lançada como carro chefe do álbum, e sem duvidas é a faixa mais nostálgica do cd. O instrumental lembra seu primeiro single, Complicated e a letra, fala sobre o que sentimos quando adultos, ao lembrar sobre o que fazíamos durante a adolescência. Sem duvidas tem uma letra muito importante para todos nós, principalmente para os que acompanharam a sua carreira desde o inicio. Ainda apesar de tantas qualidades, Here’s to Never Growing Up é uma das faixas mais fracas do cd, na minha opinião.
Frases destaque: Eles dizem, apenas cresçam, mas eles não nos conhecem / Não damos a mínima e nunca vamos mudar / Quando o sol se por, levantaremos nossos copos cantando "um brinde para nunca crescermos"

03. 17: Outra faixa que para os fãs não é muita novidade, pois já havia aparecido pela internet e em alguns lives, mas no álbum ganhou um novo arranjo muito mais trabalhado e melhor. A música é bem simples, praticamente os mesmos acordes e mesmo ritmo, com exceção do refrão explosivo e a letra, assim como a anterior Here’s to Never Growing Up, traz a mesma sensação de nostalgia e vontade de voltar a ser adolescente, mas dessa vez é mais voltada para o amor e o refrão, sem duvidas é o melhor.
Frases destaque: Estávamos no topo do mundo quando eu era sua garota / Vivíamos de uma forma tão selvages e livres / Agindo feito idiotas para se divertir / Tudo o que precisávamos era de amor.

04. Bitchin' Summer: Outra faixa nostálgica (eu falei que o álbum estava cheio delas). Ao meu ver, essa faixa não traz muitas novidades, a letra fala sobre se divertir nas férias de verão e não é muito original. O instrumental é basicamente todo apenas no violão dedilhado, exceto o refrão e o final da música, onde a Avril faz uma espécie de RAP, muito legal por sinal. Por incrível que pareça, é uma das faixas que mais gostei, apesar da letra fraca e falta de originalidade.
Frases destaque: Vamos viver intensamente, todos juntos como colegiais apaixonados / Vamos curtir muito fazendo isso durar para sempre

05. Let Me Go (feat. Chad Kroeger): Agora as nostalgias parecem ter acabado, e chega  a parte do cd, onde fica explicito o quão difícil é o termino de um relacionamento e o quanto um sentimento que parecia não ter fim, pode desaparecer de uma hora para a outra. A música é uma ótima balada, com guitarras e instrumental em piano, e não podemos esquecer de mencionar a parte mais importante que é o dueto de Avril com seu atual marido, Chad Kroeger, vocalista da banda de Rock Canadense, Nickelback. A voz dos dois juntos combinou muito, são dois extremos que juntos formaram uma musica agradável de ouvir, talvez não seria tão boa se a Avril cantasse sozinha. Let Me Go foi lançada como 3° single, e está fazendo bastante sucesso até o momento.
Frases destaque: Estou me libertando das lembranças, preciso deixá-las de lado / Nunca é tarde demais para o amor / Dois adeus me trouxeram até essa vida nova

06. Give You What You Like: Essa é uma das faixas mais legais, por ter uma letra bonita e madura (difícil encontrar letra madura, quando o assunto é Avril). A música é uma ótima balada, praticamente toda com o piano e violão em destaque.
A letra é incrível e traz uma forma muito sutil de falar sobre sexo, e como pode melhorar o humor e o afeto entre as pessoas, que mesmo sem ter um relacionamento serio, podem ter uma ótima noite.
Frases destaque: Tenho uma cura totalmente nova para a solidão e se você me der o que eu quero eu vou te dar o que você gosta / Quando você desliga as luzes eu vejo estrelas. Isso é amor?

07. Bad Girl (feat. Marilyn Manson): Letra agressiva e influencias de metal? Estamos falando de Avril ou do Marilyn Mason? A resposta é: Ambos.
Bad Girl é outra incrível parceria e merece muito destaque no álbum, a letra é agressiva e fala sobre ser uma garota má, dessas que não se incomodam com nada. Super rebelde essa Avril, não?
Já o Mason, apesar de ter contribuído muito para influenciar essa faixa, serve praticamente de backing vocal para a Avril e sua incrível voz. Essa música tem que ser single! #oremos
Frases destaque: Me sufoque por eu ter dito isso, me bata e alimente o meu ego. Eu tenho sido uma menina má, Você não sabia? / Nós dois sabemos que você me ama porque sou muito má.
   
08. Hello Kitty: Essa faixa é assustadora, a primeira vez que ouvi já logo pensei: Que lixo é esse? A faixa é um dustep dos bons, cheia de efeitos eletrônicos e bem dançante, algo que a Avril nunca fez e nunca havia passado pela minha cabeça que ela faria algo do tipo, mas não é que a musica é boa? A principio achei meio esquisito fazer uma música com esse nome, mas e letra tem um duplo sentido muito bizarro. Há quem diga que ela de fato fez a musica para a tal Hello Kitty, mas ao meu ver, ela fez a musica para uma menina, sim, para uma MENINA por que a letra só fala sobre coisas que meninas fazem, quando estão sozinhas. Não da para imaginar outra coisa. O_O.
Depois de Bad Girl, Hello Kitty é a faixa mais aleatória do disco, ela não combina com a Avril e nem com as outras faixas, mas deve ter um porem para a música ter ido para aí né? Alias, a Avril parece que quis fazer uma homenagem para seus fãs asiáticos, canta até uns trechos em japonês e a musica lembra muito a desses grupos pop coreanos.
Frases destaque:  Não tem nada de interessante nessa letra bizarra, serio. O_O

 09. You Ain’t Seen Nothin’ Yet: Quando a gente pensa que a Avril é infantil e ela me aparece com uma letra dessas, novamente o grande destaque é a palavra sexo, e dessa vez ela parece dizer que é boa de cama hein? A letra fala sobre o inicio de um relacionamento e que supostamente, o rapaz “ainda não viu nada”. A música é bem no estilo da Avril, guitarra pop rock, bateria forte, sem muita novidade, já a letra, é muito diferente e bem bacana e o destaque é o refrão.
Frases destaque: Segure-se firme para este passeio de montanha russa e se você está me amando só precisa me dar mais um beijo porque você não viu nada ainda.

10. Sippin’ On Sunshine: Essa é uma das minhas favoritas, acho que daria um bom single. É um hit de verão, fala sobre praia, relacionamentos e diversão. A letra é muito descontraída e ao se referir ao sol, parece ter um duplo sentido entre o próprio sol, e o garoto da musica.  A faixa é mais uma das nostalgias do disco.
O instrumental bem pop rock, com guitarras, sintetizadores e uma coisa difícil de encontrar em suas faixas, são os backing vocals masculinos.
Frases destaques: Não temos lugar nenhum para ir então vamos sem destino / Estamos vivendo intensamente bebendo à luz do sol.

11. Hello Heartche: Quem nunca perdeu um amigo que atire a primeira pedra. Essa linda faixa, fala sobre a realidade de basicamente todas as pessoas. Quem nunca discutiu, pensou que fosse o fim, parou de se falar pra sempre ou simplesmente se distanciou de alguma amizade que parecia eterna? A letra dessa musica é linda, e a forma que a Avril a canta, chega até a emocionar quem escuta, principalmente se a pessoa já se viu numa situação igual ou parecida. Essa é outra grande balada do cd, e uma das minhas favoritas também. A melodia é simples, também sem muitas novidades e lembra bastante as musicas do seu álbum anterior, Goodbye Lullaby.
Frases destaques: Todas as coisas ruins que fizemos foram tão divertidas / Vi o seu melhor lado e Você viu o meu pior / É só um adeus, não é o fim / Não devia ter sido dessa maneira mas você e eu vamos rodar o mundo para fazer amor

12. Falling Fast: Outra balada, outra musica sobre relacionamento e amor. A faixa é bacana, a melodia é bonita e o instrumento destaque é o violão e a batida suave. Assim como as outras baladas do álbum, é bem agradável de ouvir, mas não nos trás muitas novidades não, apenas expõe o fato de se apaixonar rapidamente e a vontade de que o relacionamento dure para sempre. A letra é bem legal, mas bastante clichê.
Frases destaque: Você colocou um sorriso no meu rosto,  eu quero isso todas as manhās / Não importa o que fazemos você faz tudo parecer mais claro / Vamos dar uma chance enquanto podemos, eu sei que você também está sentindo.

13. Hush Hush:  Essa é a faixa que encerra o álbum, e muito bem por sinal. É uma balada (outra), mas dessas bem lentas mesmo, e na real não faz o meu estilo. Muita tranquilidade e marasmo para uma faixa só, principalmente por ser basicamente toda tocada apenas em piano.  Por sua vez, a voz da Avril sempre impecável e a letra muito bem escrita descrevem o fim de relacionamento e o quanto as coisas ficam silenciosas e sem sentido por algum tempo, de todo o álbum, não teria faixa melhor para encerrá-lo. Foi uma ótima escolha.
Frases destaque: Quando tento te esquecer eu continuo lembrando / O que tivemos foi tão verdadeiro / Tantas perguntas, mas não quero saber o porquê / Então, vá em frente, viva a sua vida, então, vá em frente e diga adeus

1 comentários:

ela é a coisa mais foda que nossos olhos já viram! HAHA <3

Postar um comentário

Postagens populares