Top álbuns de 2013 - Por Carlos Pimenta


10. Avril Lavigne – Avril Lavigne

O álbum autointitulado da canadense é um misto de vários estilos que ela experimentou durante os 11 anos de carreira. O destaque vai para as pequenas ousadias, onde a vemos arriscar em melodias e tons vocais diferentes das suas baladas no piano e acústicas que todos já estão acostumados a ouvir de Avril.
Destaques:
Give You What You Like
Bad Girl
Hush Hush
Falling Fast












9. M.I.A. – Matangi

M.I.A. já quase no fim do ano seu aguardado quarto álbum, repleto de sons experimentais e batidas marcantes. A grande mistura de gêneros numa mesma faixa, que podem ir do reggae ao hip hop, são o grande trunfo do disco.
Destaques:
Double Bubble Trouble
Exodus
Come Walk With Me
Bad Girls














8. Arcade Fire – Reflektor

A expectativa para o sucessor do aclamado The Suburbs era grande, e Arcade Fire conseguiu honrar essa espera muito bem. Reflektor é um álbum forte e com canções muito bem trabalhadas, firmando cada vez mais o nome da banda no cenário musical.
Destaques:
Afterlife
Reflektor
We Exist
Here Comes The Night Time














7. Sara Bareilles – The Blessed Unrest

O quarto álbum da cantora e compositora norte-americana transborda talento e apresenta um desempenho vocal impecável. Sara usa o piano e sua voz como instrumentos principais do álbum, e isso não somente nas baladas, como também nas uptempo. A indicação para álbum do ano no Grammy 2014 com certeza foi uma das melhores surpresas recentes da Academia, e um reconhecido mais que merecido para o trabalho de Sara.
Destaques:
Brave
Satellite Call
Little Black Dress
I Choose You










6. Lorde – Pure Heroine

Uma das maiores revelações do ano, Lorde, agora com 17 anos, mostra no seu álbum de estreia composições um pouco diferentes do que garotas da sua idade costumam escrever. Sua visão sobre fama, sonhos e crescimento, aliado a batidas e produção minimalista conquistam e trazem um agradável ar de novidade ao mercado pop mundial.
Destaques:
Bravado
Team
Tennis Court
400 Lux












5. Skylar Grey – Don’t Look Down

Conhecida por trabalhar com o rapper Eminem, Skylar Grey lança um álbum profundo com letras obscuras e marcado por batidas de hip hop. Don´t Look Down mostra todo o potencial que Skylar tem e que ainda pode conquistar um espaço maior na música.
Destaques:
Final Warning
Wear Me Out
Back From The Dead
Sunshine












4. Paramore – Paramore


Paramore é provavelmente o melhor álbum da banda até então, mostrando que a saída de alguns membros não afetou a criatividade e vitalidade dos remanescentes. Riffs “teens” de guitarra foram deixados de lado, e melodias e arranjos novos foram muito bem trabalhados, mostrando crescimento e amadurecimento de Hayley Willams e Cia.
Destaques:
Grow Up
Last Hope
Now
Ain’t It Fun













3. Vampire Weekend – Modern Vampires of The City


Outra banda que trouxe talvez o seu melhor álbum este ano foi Vampire Weekend. Seu terceiro álbum traz canções simpáticas, melodias cativantes e produção baseada em instrumentos clássicos mas com toques de modernidade que são muito bem vindos.
Destaques:
Unbelivers
Diane Young
Everlasting Arms
Ya Hey










2. Justin Timberlake - The 20/20 Experience - The Complete Experience


JT quis fazer uma volta em grande estilo ao mundo da música, e conseguiu. Os dois álbuns lançados nesse ano trazem um R&B/Pop moderno, com uma vibe romântica, dançante e que conquista os mais diferentes estilos de ouvintes.
Destaques:
Mirrors
Tunnel Vision
TKO
Not  A Bad Thing/Pair of Wings











1.       Arctic Monkeys – AM


A aclamada banda britânica está a cada ano deixando seu nome marcado na indústria musical, não sendo somente mais uma banda de indie rock que surgiu nos anos 2000, mas se tornando uma verdadeira referência de rock contemporâneo. Seu último trabalho tem rendido ótimos frutos, e aos poucos vem conquistando o mundo inteiro, até mesmo as difíceis terras norte-americanas. As 12 envolventes faixas do disco passam ao mesmo tempo uma imagem de evolução e estabilidade na carreira, dando a certeza que o nome “Arctic Monkeys” ainda vai ser muito bem falado nos próximos anos.
Destaques:
Do I Wanna Know?
No. 1 Party Antem
Why’d You Only Call Me When You’re High?
R U Mine?









Menções Honrosas

1.       HAIM – Days Are Gone
Destaques:
The Wire
Forever
Let Me Go
Falling










2.       Kings of Leon – Mechanical Bull
Supersoaker
Don't Matter
Comeback Story
Rock City












3.       Disclosure – Settle
When A Fire Starts To Burn
Latch
White Noise
F For You












4.       Avicii – True
Hey Brother
Wake Me Up
You Make Me
Dear Boy











5.       Panic! At The Disco – Too Weird To Live, Too Rare To Die
Vegas Lights
Girl That You Love
Miss Jackson
Far Too Young To Die











6.       OneRepublic - Native
Counting Stars
Something I Need
Preacher
If I Lose Myself











1 comentários:

Darlan Lima disse...

Haim>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>infinito>>>>>>>>>>>>>>>>>Justin

Postar um comentário

Postagens populares